Vocação e Ser Empreendedor

“Diz-se que uma pedra preciosa não polida é sem brilho, como uma pedra comum. Assim aquele que prática a fé deve polir as verdadeiras intenções que existem na pedra preciosa de seu coração. Também o ferro pode ser polido até brilhar como a prata. Da mesma forma, o ouro e a prata se não forem polidos, não terão brilho. O ser humano é considerado o senhor de todas as coisas vivas, mas deve polir as verdadeiras intenções de seu coração, para se manter bem em qualquer situação.”

(Gorikai I Yamamoto Sadajiro 53:2,3)

Konko Daijin ensinou que qualquer trabalho realizado em espirito de adoração deve ser considerado como prática da fé. E o potencial humano pode desenvolver-se quando as pessoas fazem a mudança de seus corações, interiormente. Assim quando realizamos o trabalho com sentimento de gratidão recebemos as graças divinas.
A palavra vocação vem do latim ‘vocare’ que significa chamado. Todos nós somos chamados, de uma forma ou de outra à fazer algo, à alguma coisa. Seguir uma vocação é buscar incansavelmente uma resposta aos próprios anseios. Todo ser humano é chamado a decidir-se, a assumir os valores descobertos em si e não poupar esforços para alcançar os objetivos propostos.
Para compreender o que é importante e o que não é, você deve ter clareza sobre sua missão de vida. Naturalmente essa é uma escolha muito pessoal, em que não existe certo ou errado, mas é fundamental que você saiba o que quer. Mantendo no seu coração o objetivo de vida a qual irá devotar sua atenção.
Acreditamos que cada pessoa deve buscar servir e ajudar aos outros de acordo com seus talentos e capacidades. Todos nós somos responsáveis pela melhoria da sociedade em que vivemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *